quarta-feira, 16 de junho de 2010

Desconexão

Me chamou de pequena e partiu. Por não saber ser vil,mal conseguiu parecer viril.Mal me viu.E foi,sem culpa.Não houve um contrato,afinal.Houve companhia boa,elegância e leveza nos detalhes.Vinho bom,papo agradável e expectativas correspondidas.Houve os momentos singelos de cócegas,brincadeiras,sorrisos e  séculos sem fim ao telefone, dando a essa relação sem nome uma intimidade falsa.Revelaria a lista de todos os apelidos que sugerimos um ao outro de forma carinhosa e divertida.Intimidade simulada.Houve gentileza,surpresa e conquista.Cavalheirismo é para poucos,ou melhor,poucas.É preciso ser mulher para casar,o que muitos-e muitas, confundem com mulher para lavar,passar e aceitar.A mulher para casar tem vida própria,e um quê de mistério.A mulher para casar desperta o interesse,e como todo interessado ele dá seu jeito de passar de ogro para lord sem muito embaraço.E eu declararia aqui todas as coisas que aprendi sobre mulheres para casar nos quatro livros de auto-ajuda os quais li nas últimas semanas,se não quisesse falar de você.
Houve magia,frio na barriga,e algumas negligências.Super básico.Mais fácil resolver um cubo mágico do que a cor da nossa amizade.Impetuosa,frenética,intensa einconstante  que sou não tenho aptdão para suportar coisas mornas.Mas me deslumbro com doçura,piadas bobas e jeito moleque.
Meu inferno astral veio à tona depois que voltamos à nossas atividades habituais,ao foco em nossos objetivos.Se eu admitisse mesmo essa coisa toda de astrologia iria dizer no auge da minha fé que você foi meu querubim.Mas na real,você foi só mais um amuleto da sorte durante todo esse tempo de conexão,desconexão e reconexão.
Danado,copiou fácil meu manual de instrução.Sim,porque era preciso de um para saber fazer durar aquele arrepio agudo que chega a doer na espinha,pé com pé e mãos assustadoramente derretidas,sem falar do saudoso cheiro que seu perfume epidérmico sugere.
 Balairina guardada na sua caixinha de música,mantenho-me cautelosa,solícita e consciente.Desconectados e fora de sintonia,nos vemos por aí.
Você não soube ser mais sólido,você não conseguiu ser mais inóspito ,embriagado de tanta afabilidade quase que automática.Você não soube ser mais viril,simplismente não soube ser mais.

9 comentários:

  1. adorei "Você não soube ser mais sólido,você não conseguiu ser mais inóspito ,embreagado de tanta afabilidade quase que automática.Você não soube ser mais viril,simplismente não soube ser mais. "

    haha descreveu meu amigo.

    http://compartilhandonostalgia.blogspot.com/search/label/104

    ResponderExcluir
  2. "Se eu admitisse mesmo essa coisa toda de astrologia iria dizer no auge da minha fé que você foi meu querubim." Que lindo, flor! Me identifiquei com exatamente essa parte..Achei tudo! Penso assim também..Hahaha
    Beijoca!

    ResponderExcluir
  3. "...todas as coisas que aprendi sobre mulheres para casar nos quatro livros de auto-ajuda os quais li nas últimas semanas..." 4? soh vi vc lendo 2?kkk[/brinks]
    mas serio adorei esse texto no melhor estilo Lara de escrever.continue com esses txtos otimos q eu continuarei acompanhando.
    até o proximo post

    ResponderExcluir
  4. mooooorri com esse texto! morri!

    ResponderExcluir
  5. Lara
    Às vezes imagino se você vive tudo isso. Se Lara é Alice ou Alice é Lara. Mas vamos deixar isto em segredo. Coincidentemente, enquanto lia este post, começou a tocar no player Across the Universe. E aí tudo se encaixou como a linha e a agulha. Com um plus de injeções de auto-ajuda parece que nada vai mudar seu mundo.

    ResponderExcluir
  6. TOP TENDÊNCIA ATUALIZADO, confira :))


    :**

    ResponderExcluir
  7. Adorei. Muito interessante seu blog, estou visitando agora e acabei gostando. Te seguindo =)
    Se quiser visitar o "Sweet Divas" http://divassweet.blogspot.com/
    Obrigada

    ResponderExcluir